Fliegerbluse Leutnant

Introduzida em 1935, a Fliegerbluse foi concebida para ser utilizada como um uniforme de serviço diário, principalmente por tripulações em serviço ativo, resultando em um design mais funcional e "limpo" que as de-mais túnicas da Luftwaffe. A partir de 1940, buscou-se a substituição da Fliegerbluse por outros dois modelos (o Waffenrock e a Tuchrock), o que nunca ocorreu completamente em razão de sua popularidade, pois exem-plares ainda estavam sendo utilizados quando da rendição.

A curiosa peça ilustrada pertenceu provavelmente a um piloto que originalmente era um Oficial Não-Comissio-nado (NCO) mas que terminou por obter sua promoção para o posto de Leutnant em campo. Tal dedução de-corre do fato de que a túnica segue o padrão para NCOs, caracterizado principalmente pela existência de bol-sos com abas e botão - o que não existia nos exemplares para oficiais.

Produzida com a tradicional lã azul-cinza da Luftwaffe, possuí os botões frontais ocultados por uma lapela e apresenta a Águia da Luftwaffe (Luftwaffeadler) confeccionada em fios prateados bordados.

As condecorações presentes são uma pequena barra de medalhas indicando ser o usuário recebedor da Cruz de Ferro de 2ª Classe e da Medalha de Campanha de Inverno (Ostmedaille), além do Badge de Piloto.


Militaria
Principais armas