Jaqueta de Vôo
Não regulamentada - 2º Modelo (curto)


Jaquetas de couro sempre foram uma vestimenta extremamente popular entre os pilotos de caça de todos os tempos e de todas as Forças Aéreas. Mas foi principalmente durante a II Guerra Mundial que tal vestimenta se tornou difundida, em razão de sua resistência contra danos e da proteção que oferecia ao usuário.

Na Luftwaffe era permitido aos Oficiais e NCO´s uma relativa liberdade para aquisição destas jaquetas, sendo que os modelos variavam enormemente, incluindo até mesmo aquelas apreendidas ao inimigo (as de origem norte-americana eram especialmente desejadas). Mas dois modelos básicos podem ser verificados: um longo e outro mais curto, ambos feitos nas cores preta e marrom.

O modelo ora apresentado é o que convencionamos denominar de "modelo curto", em razão do seu compri-mento e altura da cintura. Como era de se esperar, o exemplar em questão é uma aquisição particular, com um zíper frontal, punhos ajustáveis, três bolsos frontais (dois superiores e um, menor, inferior) fechados por botões, além de dois outros bolsos abertos laterais.

As insígnias incluem uma águia da Luftwaffe removível em metal prateado e os galões (Shulterstack) de Ober-leutnant, com a cor do waffenfarbe (amarelo-dourado) indicando pessoal de vôo. Seu interior possuí forro de lã flanelada e a etiqueta do fabricante contendo a data de fabricação (1943) e tamanho (52). As condecorações ostentadas incluem a Cruz Germânica (à direita) e (à esquerda, em sentido horário) a Cruz de Ferro de 1ª Clas se, o Badge de Ferido em Prata e o Badge de Piloto.


Militaria
Principais armas