Quepe Modelo 43
(Einheitsfliegermütze)

Em setembro de 1943 uma nova forma de cobertura foi introduzida para ser utilizada por todo o pessoal da Luftwaffe. A intenção era substituir o Fliegermütze e o Bergmütze (um boné de pala curta utilizado por Tropas de Montanha) pelo restante da guerra e, desse modo, o novo modelo foi chamado de Einheitsfliegermütze (Quepe Substitutivo Padrão), mas também é denominado pelos colecionadores de Modelo 43.

O Einheitsfliegermütze era confeccionado em tecido azul-acinzentado com uma pala recoberta pelo mesmo tecido e era muito similar ao Modelo 43 utilizado pelo Exército e Waffen SS. Além disso, possuía abas late-rais que eram presas através de um ou dois botões situados à sua frente e que podiam ser abaixadas e aboto-adas abaixo do queixo, protegendo-se as orelhas do frio (ver foto). Geralmente o Einheitsfliegermütze era feito em lã com forro em seda artificial, mas existem exemplares em brim, destinados às áreas tropicais.

A águia da Luftwaffe e o Reichskokarde eram costuradas na frente do quepe, e confeccionados em seda opa-ca (para soldados e oficiais não comissionados), bordados em prata (para oficiais comissionados) ou, ainda, bordados em dourado para membros do generalato, sempre feitos sobre uma base de cor azul-acinzentado.

Como ocorria com o Schirmmütze e com o Fliegermütze, o quepe modelo 1943 dos oficiais comissionados, independentemente do ramo de serviço dentro a Luftwaffe, distinguia-se por ter costurado em toda a borda de sua parte superior o típico cordão de 2mm de espessura. Do mesmo modo, os exemplares de Generais apre-sentavam o cordão dourado.

Ainda em setembro de 1943 foram criadas instruções que permitiam uso do Einheitsfliegermütze com a aba virada para trás caso estivesse manipulando algum equipamento ou maquinário onde a pala do quepe atrapa-lhasse (principalmente em blindados). O custo de um Einheitsfliegermütze, caso o soldado decidisse adquirir outros exemplares, era de 3.19 Reichsmarks.



Militaria
Principais armas