Bordkanone 37
(BK 37)




O canhão de bordo 3,7 BK (Bordkanone 3,7 cm) não foi uma arma desenvolvida para uso em aviões. Era, na verdade, uma adaptação do canhão antiaéreo Flak 18, introduzido em 1935 pela Rheinmetall-Borsig, para uso no ataque à blindados, notadamente na Frente Oriental. Como conseqüência, sua instalação nos aviões invariavelmente prejudicava a performance, em razão do arrasto aerodinâmico provocado. Mas foi nesta função que acabou consagrado como uma das mais temidas armas anti-tanques desenvolvidas pelos alemães.

De baixa cadência de disparo (teoricamente apenas 140 tiros por minu-to) permitindo o disparo intermitente (ou semi-automático), era alimenta-do por dois clipes de munição de seis cartuchos cada, totalizando 12 ti-ros por arma. O gatilho era de acionamento pneumático, através de uma válvula de ar e o municiamento era efetuado manualmente enquanto o a-parelho encontrava-se no solo.

Com certeza, o avião que mais empregou esta arma (e a tornou lendária) foi o Ju 87G Stuka, dos Panzerjagdstaffel, que fizeram sua estréia opera-cional durante a Operação Zitadelle, conhecida como batalha de Kursk, em julho de 1943. Quando instalados nos Stukas (apropriadamente cha-mados de Kanonenvogel, ou pássaro-canhão), cada canhão pesava 272 kg, com comprimento total de 3,62 metros (cano de 2,11 metros).

Cada cartucho pesava 1,46 kg, sendo que utilizava 222 gramas de prope lente, enquanto o projétil pesava 623 gramas (com a carga explosiva de 90 gramas). A munição de 37mm tinha a velocidade máxima de 860 m/s com alcance máximo efetivo de 2.000 metros.

Conveniente lembrar que foi pilotando um Stuka Kanonenvogel, que o Oberst Hans-Ulrich Rudel destruiu, sozi-nho, mais de 500 tanques soviéticos durante dois anos de combates. Mas existiram, também, outros "ases" que utilizaram o equipamento e conseguiram ótimos resultados, tais como o Leutnant Anton Korol (nascido em 1916, com 99 tanques destruídos), Leutnant Wilhelm Joswig (1912-1989, com 88+ tanques atingidos), o Feldwebel Hermann Neumann (nascido em 1920, com 68 blindados destruídos) e o Oberfeldwebel Jakob Jens ter (nascido em 1917, com 58 tanques atingidos) o que comprova não apenas a habilidade destes pilotos, mas a eficácia deste armamento.



Armamentos
Militaria