Emil Lang
(1909 - 1944)

Hauptmann
JG54 e JG26
403 missões de combate, 173 vitórias
Morto em ação (03/09/1944)


Considerado por alguns historiadores como um dos mais bravos homens da Luftwaffe, Emil Lang não só era um atleta de provas de fundo bem conhecido na Alemanha quando se juntou à Luftwaffe, mas também era um dos mais velhos pilotos da força de caças, tendo iniciado sua carreira na JG 54 "Grünherz" quando já contava com 34 anos de idade. Mesmo assim, em um espaço de apenas um ano, ele derrubaria mais de 120 aviões inimigos.
Emblema da JG54 "Grünherz"

Nascido em 14 de janeiro de 1909 na localidade de Talheim (Württemberg), Alemanha, Emil Lang ganharia ainda jovem o apelido de "Bully" devido a sua semelhança com um cão bulldog. Apaixonado pelo vôo ainda em sua juventude, ele acabou se juntando à Lufthansa no início dos anos 30, onde atuaria como piloto comercial por toda a Europa.


Com o início da guerra, em 1939, Lang passou a atuar em um esquadrão de transporte da Luftwaffe, onde permaneceria até 1942. Neste ano, superando todas as expectativas, Emil Lang foi aceito na força de caças, superando a barreira da idade graças à sua espetacular carreira prévia.

Após uma rápida passagem pela Jagdfliegerschule Lang juntou-se, no final de 1942 como Leutnant, ao 1./JG 54 (1º Staffel da Jagddeschwader 54), em ação na frente oriental.

Rapidamente ficou claro que Lang tinha uma habilidade natural para voar e, assim, ele começou a alcançar suas primeiras vitórias em um curto espaço de tempo. Em março de 1943 ele foi transferido para o 5./JG 54 e, a partir de 20.08.1943, Lang passou a atuar como Staffelkapitän desta unidade. A esta altura, ele se tornara um mestre em obter vitórias múltiplas, como em 21.10.1943, quando abateu 12 aviões adversários, atingindo sua 71ª vitória confirmada, sendo que, alguns dias depois, em 27.10.1943, "Bully" recebeu o Troféu de Honra da Luftwaffe por este feito.

Sua ascensão foi meteórica durante este período e, já em 22.11.1943, Emil Lang era condecorado com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro, ao alcançar a marca de 119 aviões inimigos abatidos e, apenas três dias depois, ele também foi agraciado com a Cruz Germânica. Durante este período ele já havia clamado 72 vitórias, sendo que 18 foram obtidas em um único dia!! Este foi o maior número de vitórias alcançado por um piloto em um mesmo dia, feito que permanece até hoje sem ser superado.

O seu sucesso no Leste, levou "Bully" a ser transferido para o III./JG 54, que havia sido deslocado para a França a fim de fazer frente à já aguardada invasão aliada. Lá se tornou Staffelkapitän do 9./JG 54 em 09.04.1944 e, apenas dois dias depois, ao atingir a marca de 144 vitórias confirmadas, Oberleutnant Emil Lang dirigiu-se ao quartelgeneral de Adolf Hitler para receber as Folhas de Carvalho da Cruz de Cavaleiro, tornando-se o 448º soldado da Wehrmacht a ser agraciado com esta honraria.

Em 29.06.1944, o já Hauptmann Lang finalmente deixaria a "Grünherz" Geschwader, sendo designado como Kommandeur do II./JG 26. Nesta unidade, ele continuaria uma invejável carreira de sucesso no chamado Front da Invasão, combatendo os caças americanos e ingleses que
apoiavam as tropas aliadas que tentavam invadir a França ocupada. Indiferente à superioridade dos pilotos anglo-americanos em relação aos seus antigos adversários soviéticos, Lang abateu três caças Supermarine Spitfires em um período de cinco minutos no dia 09.07.1944!! Em 15 de agosto ele derrubaria dois P-47 "Thunderbolt" em um minuto; em 25 de agosto mais três P-38 Lightning em cinco minutos e, por fim, no dia seguinte, três outros Spitfires. Estas foram as últimas vitórias de Lang, que já acumulava um total de 25 abates só na Frente Ocidental até aquela data.


"Bully" parecia ser invulnerável, sendo que ele nunca tinha feito sequer um pouso forçado ou sido obrigado a saltar de seu avião. Em 03 de setembro de 1944, Emil Lang viu-se mais uma vez engajado em um combate contra uma formação de caças aliados sobre Bruxelas (capital da Bélgica), comandando um Focke-Wulf Fw 190A-8 o "verde 1" (werknummer 171240). Ele já tinha tido problemas técnicos com o avião na manhã daquele dia e, em pleno confronto, o avião de Emil Lang repentinamente abaixou uma das rodas do trem de pouso, o que fez diminuir drasticamente sua capacidade de manobra, assim como sua velocidade.

Com isso, Lang tornou-se um alvo fácil e foi abatido pelos seus adversários, não tendo sobrevivido ao confronto. Originalmente acreditou-se que ele havia sido derrubado por Spitfires mas, atualmente, credita-se sua morte a um P-51 Mustang do 55th Fighter Group, possivelmente pilotado pelo Lieutenant Darrell Cramer. Quando de sua morte, o Hauptmann Emil Lang havia voado 403 missões de combate, tendo alcançado a marca de 173 vitórias confirmadas, sendo que destas, vinte e cinco foram obtidas na Frente Ocidental.

 



Fw 190A-5 - Lt. Emil Lang, 5./JG 54 - Siverskaja/Russia - Maio, 1943


 

Ficha do Piloto
Unidades:
- Jagdgeschwader 54 - Staffelkapitän 5./JG 54 (8.43)
- Staffelkapitän 9./JG 54 (4.44)
- Jagdgeschwader 26 - Kommandeur II./JG 26 (29.6.44 - 3.9.44)
Aeronaves:
 - Messerschmitt Bf 109
- Focke-Wulf Fw 190
Campanhas:
  - Frente Oriental
- Defesa do Reich
Promoções:
 
Condecorações:
- 13.06.1943 - Cruz de Ferro de 2ª classe
- 02.08.1943 - Cruz de Ferro de 1ª classe
- 27.10.1943 - Troféu de Honra
- 22.11.1943 - Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro...................................(952º)
- 25.11.1943 - Cruz Germânica em ouro..............................................(13/290)
- 11.04.1944 - Folhas de Carvalho da Cruz de Cavaleiro ..........................(448º)

Emil Lang em seu Fw 190A-5 "7-preto", ao fundo temos o "5-preto" do Staffelkapitän Max Stotz, primavera de 1943.






Principais Ases
Principais Aviões