Hans "Assi" Hahn
(1914 - 1982)

Major
JG2 e JG54
560 missões de combate, 108 vitórias (17 na Inglaterra, +36 Spitfires)
Prisioneiro de Guerra (21/02/1943)


Hans "Assi" Hahn, uma das figuras mais notáveis da Luftwaffe e um dos grandes ases dos combates sobre o Canal da Mancha, nasceu em 14 de abril de 1914 na cidade de Götha (Turíngia), Alemanha e iniciou sua carreira militar em 1934, quando ingressou como cadete em um regimento de infantaria.

Contudo, sua permanência no Exército seria curta pois, em 1935, o então Fahnenjunker Hahn foi transferido para a re-cém criada Luftwaffe e enviado para a escola de pilotos de caça.

Após a conclusão de seu treinamento, no início de 1938, ele

Emblema do III./JG2
seria designado, como Leutnant, para a JG 134 (Jagdgeschwader 134) e, depois, para a Fliegerschule localizada em Werneuchen, onde atuou como instrutor.

Pouco após a eclosão da II Guerra Mundial, em outubro de 1939, Hahn (já promovido a Oberleutnant) foi designado para servir junto ao 4./JG 2 "Rich thofen" (4º Staffel da Jagdgeschwader 2), onde voou missões de defesa do espaço aéreo do Reich, em prontidão contra os primeiros ataques conduzi-dos pelos ingleses contra a Alemanha ainda no final daquele ano.

Ainda em dezembro de 1939, em razão de suas flagrantes habilidades co-mo líder e piloto, Hahn foi apontado Staffelkapitän do 4./JG 2.


Com o início da Blitzkrieg contra a França, Holanda e Bélgica em ma-io de 1940, ele iniciaria uma das mais brilhantes carreiras da Luftwaffe. Em seu primeiro combate contra forças inimigas, em 14.05.1940, du-rante o avanço sobre o território francês, Hahn obteve sua primeira vitória confirmada, ao abater um Hurricane da RAF. Quando a França havia se rendido, no final de junho, ele já tinha abatido outros quatro caças inimigos, sendo dois deles em 19.05.1940.

Mas seria durante a dura Batalha da Inglaterra que Hahn se consagra-ria como um ás. Nos comandos de um Bf 109E trazendo seu símbolo pessoal - uma aguerrida cabeça de galo (que é o significado da palavra "Hahn", em alemão) e lutando contra os bem treinados e motivados pi-lotos da RAF pelo controle do espaço aéreo sobre o sul das ilhas britâ nicas e o Canal da Mancha, ele abateu nada menos que 17 aviões ini-migos.

Como conseqüência, o Oberleutnant Hans "Assi" Hahn foi condecora-do com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro em 24 de setembro de 1940, quando somava um total de 20 vitórias confirmadas.


Lutando ao lado de lendas como Helmut Wick, Egon Mayer e Erich Rudorffer e promovido a Hauptmann, Hahn foi indicado Gruppenkom-mandeur do III./JG 2 (Gruppe III da JG 2) em 29.10.1940.

Ao final daquele ano, ele já somava um total de 22 adversários abati dos, feito notável se considerado o fato de que a Luftwaffe havia fracassado na tentativa de aniquilar a RAF.

A partir da primavera de 1941, a situação se tornou mais complicada para os pilotos no Canal da Mancha. À essa altura, a maioria das uni dades de caça da Luftwaffe estavam sendo deslocadas para o leste em preparação para a invasão da URSS (que começou em 22.06. 1941) e a responsabilidade pela defesa aérea na frente ocidental caiu sobre os ombros de apenas três Jagdgeschwadern: a JG 2 "Richtho-fen " (de Hahn), a JG 26 "Schlaegeter" e a JG 1.

Atuando com vigor e implacavelmente contra os ingleses, Hahn se mostraria um adversário formidável para os pilotos da RAF. Entre 24.06 e 23.07.1941 "Assi" Hahn abateu nada menos que 12 caças Spitfire e três Hurricanes da RAF - incluindo sua 30ª vítima, que tom-

bou em 10.07.1941. Outro combate épico, ocorreu em 12.08.1941, quando ele abateu nada menos que três Spitfires e alcançou a marca de 42 vitórias aéreas. Por esse feito, Hahn se tornou o 32º soldado da Wehrmacht a receber das mãos de Hitler as Folhas de Carvalho da Cruz de Cavaleiro, em 14 de agosto de 1941.

Retornando ao front após uma breve licença, Hahn conti-nuaria sendo um algoz implacável para os pilotos britâni cos: entre 20.09 e 13.10.1941 ele acumularia outras oito vitórias frente aos caças Spitfires de Sua Majestade, che gando ao final daquele ano com o crédito por 50 abates de aeronaves inimigas.

O ano de 1942 não começaria muito diferente para o in-cansável Hahn, que derrubou outros sete Spitfires britâni-cos entre fevereiro e abril.


"Assi" Hahn alcançaria a marca de 60 vitórias confirma-das no dia 04.05.1942 ao derrubar três Spitfires - dois deles no espaço de apenas cinco minutos. Outros dois Spitfires britânicos seriam derrubados no dia 06.05.1942 e, no mês seguinte, em 06.06.1942, em um combate memorável, Hahn derrubou outros três Spitfires em dois minutos!! (suas 63ª a 65ª vítimas).

Durante a tentativa de invasão britânica em Dieppe (Bélgi ca), voando ao lado de outros ases como Erich Leie e Jo sef Wurmheller, "Assi" Hahn derrubaria mais dois caças ingleses. Sua derradeira vitória na frente ocidental (e 66ª de sua carreira) ocorreu em 16.09.1942, quando abateu mais um Spitfire da RAF. Promovido a Major, Hahn foi designado Gruppenkommandeur do II./JG 54 "Grünherz", então lutando contra os soviéticos na frente oriental.


Essa mudança provou ter conseqüências profundas na carreira de "Assi" Hahn. Acostumado com um adversário muito mais refinado - a RAF - ele não encontraria muitas dificuldades para alcançar várias vitórias contra os pilotos russos, somando outros 40 abates no espaço de apenas quatro meses. As vitórias múltiplas eram constantes nes se panorama: cinco adversários caíram sob o fogo de suas armas em 30.12.1942 (suas 75ª a 79ª vitórias) e na-da menos que sete caças Lavochkin La-5 foram abatidos por ele em 14.01.1943 sobre o lago Ladoga. Finalmente, em 27.01.1943, "Assi" Hahn chegou à marca de 100 vitó- rias aéreas.

Ases da JG 54 em janeiro de 1943 (esq.-dir.): Max Stotz (189 vitórias), Hans "Assi" Hahn (108) e Hans Beisswenger (152).

Sua sorte, por fim, o abandonou. Enquanto liderava uma formação de caças na região de Demjansk, seu Bf 109G-2 (W.Nr. 13949) apresentou problemas no motor e ele teve que fazer um pouso atrás das linhas inimigas. Sem qualquer chance de escapar, Hahn foi capturado pelas forças soviéticas e iniciou um período de sete anos em cativeiro russo. Ele somente seria libertado em 1950, mais de cinco anos após o fim do conflito.

Após sua libertação, Hahn não voltaria a vestir o uniforme da nova Luftwaffe, preferindo desenvolver uma bem sucedida carreira no mundo dos negócios. Contudo, ele nunca perdeu o contato com seus antigos companheiros de armas.

Em outubro de 1955, quando Erich Hartmann foi liberado pelos russos (após dez anos de aprisionamento), o primeiro rosto conhecido que ele viu na plata-forma da estação de trem de Helershausen, foi o de "Assi" Hahn - que o le-vou para sua casa e o alimentou. Hahn ainda deu roupas melhores para que o alquebrado Hartmann pudesse, enfim, encontrar sua esposa, Ursula, em Stuttgart.

Hahn ainda escreveria um livro de memórias sobre o período em que ficou em cativeiro soviético chamado "I Tell the Truth" ("Eu digo a Verdade"), o qual foi visto como sendo um tanto exagerado - mesmo por aqueles que haviam pas-sado pela mesma experiência. Mesmo assim, um amante da boa vida, Hahn permaneceu sempre popular entre seus antigos camaradas.

Tendo voado 560 missões de combate, ao longo das quais derrubou 108 aviões adversários (68 na frente ocidental - incluindo 36 Spitfires - e 40 na frente russa) - além de outras 36 vitórias nunca confirmadas - o Major Hans "Assi" Hahn faleceu de causas naturais em Munique, então Alemanha Ocidental, em 18 de dezembro de 1982, aos 68 anos de idade.



Bf 109F-4 - Hptm. Hans Hahn, Kommandeur III./JG 2 - Caen/França - novembro, 1941




Fw 190A-2 - Hptm. Hans Hahn, Kommandeur III./JG 2 - Cherbourg/França - 1942

Ficha do Piloto
Unidades:
 - Jagdgeschwader 134  
- Jagdgeschwader 2 "Richthofen" - Staffelkapitän 4./JG 2 (12.39)
- Kommandeur III./JG 2 (10.40 - 11.42)
- Jagdgeschwader 54 "Grünherz" - Kommandeur II./JG 54 (19.11.42 - 21.2.43)
Aeronaves:
 - Messerschmitt Bf 109 séries E,F e G
- Focke-Wulf Fw 190
Campanhas:
 - Blitzkrieg
- Batalha da Inglaterra
- Frente Oriental
Promoções:
- ??.??.1938 - Leutnant
Condecorações:
- 30.05.1940 - Cruz de Ferro de 2ª classe
- 13.06.1940 - Cruz de Ferro de 1ª classe
- 24.09.1940 - Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro...................................(125º)
- 14.08.1941 - Folhas de Carvalho da Cruz de Cavaleiro ............................(32º)
- 16.07.1942 - Cruz Germânica em ouro..................................................(2/77)

Bf 109E-4 de Hans Hahn, Bélgica, maio de 1940 Bf 109F-2 (W.Nr.  5749) do Hptm. Hans Hahn

 

Principais Ases
Principais Aviões