Heinkel He 176


O He 176 nasceu como um projeto para a construção de um puro avião foguete, o "P 1033". Em Dezembro de 1937 o projeto passaria a ser conhecido como Heinkel He 176.

O Heinkel He 176 teria efetuado pelo menos um vôo isolado a 20 de junho de 1939, no qual surgiram proble-mas sérios com a unidade propulsora, um motor-foguete Walter R I-203. O motor previsto para a aeronave seria um motor de 25 atmosferas e 725 kg de impulso, o sistema de turbo-bombas comum ao Heinkel P 112 R desenvolvido pelo Arsenal da Wehrmacht nunca chegaria a voar.

Foi construído um segundo protótipo desta vez utilizando um motor concebido conjuntamente com o Exército, utilizando alcóol e oxigênio líquido. Mas antes da sua conclusão o acordo entre a Luftwaffe e o Arsenal cessa-ria e o modelo nunca seria completado.

O cancelamento do projeto a 12 de setembro de 1939 resultou fundamentalmente na necessidade de concen- trar meios na investigação do A-4 (V-2), por outro lado, até o momento a sua performance tinha-se revelado desapontadora, além de apresentar diversos problemas de estabilidade e resistência.

Histórico
Séries:
Protótipo (V1)
Categoria(s):
Avião de pesquisa c/ foguete de alta velocidade (Testes de estrutura)
Tripulantes:
1
Primeiro Vôo:
Março de 1939
Primeira entrega:
 
Última entrega:
 
Ficha Técnica
Motor:
1 x Walter HWK R1-203
Potência:
600 kp
Dimensões:
Envergadura:...................................... 5,00 m
Comprimento:..................................... 5,20 m
Altura:................................................. 1,50 m
Pesos:
Vazio:.................................................. 1570 kg
Máximo:............................................. 2000 kg
Desempenho:
Vel. cruzeiro:......................................  
Vel. máxima:...................................... 350 km/h
Vel. ascensão:....................................  
Autonomia:.........................................  
Teto serviço:......................................  
Armamento(s):
Nenhum


Principais Aviões
Condecorações