Blohm und Voss BV 138
"Fliegender Holzschuh"

Com o apelido de "Der Fliegende Holzschuh" (o sapato voador), o Blohm und Voss Bv 138 foi o hidroavião de canoa alemão de maior sucesso em toda a guerra. Era um avião extremamente robusto e confiável, capaz de operar em rotas oceânicas. Foi utilizado pela primeira vez em 1940, durante a invasão da Noruega e prestou serviço no Atlântico setentrional, no oceano Ártico e no mar Báltico. A sua tarefa principal era a descoberta e vigilância dos comboios e da navegação aliada.

Histórico
Séries:
A,B,C,M,S
Categoria(s):
Hidroavião de reconhecimento e patrulhamento marítimo
Tripulantes:
6
Primeiro Vôo:
1936
Primeira entrega:
Janeiro de 1940 (A-1)
Última entrega:
1943
Obs:
Originalmente designado Ha 138.
Ficha Técnica - Bv 138C-1
Motor:
3 x motores de seis cilindros em linha Junkers Jumo 205D
Potência:
656 kw
Dimensões:
Envergadura:...................................... 26,84 m
Comprimento:..................................... 19,90 m
Altura:................................................. 05,91 m
Pesos:
Vazio:.................................................. 8.100 kg
Máximo:.............................................  
Desempenho:
Vel. cruzeiro:......................................  
Vel. máxima:...................................... 285 km/h
Vel. ascensão:....................................  
Autonomia:......................................... 5.000 km
Teto serviço:...................................... 4.200 m
Armamento(s):
2 canhões MG151 de 20 mm
1 metralhadora MG131 de 13 mm
6 bombas de 50kg ou quatro cargas de profundidade de 150 kg


Principais Aviões
Condecorações